Contate-nos:    31 3892-4967     31 99176-9895  contato@begflores.com.br

 

×
 x 

Carrinho vazio
carrinho de compras(Carrinho vazio)
Mundialmente cultivadas, as rosas oferecem uma infinidade de tipos, com milhares de híbridos e variedades, trazendo diferenças em termos de tamanho, cor e perfume. Com origem natural ou fruto de melhoramentos genéticos obtidos por meio de técnicas agronômicas, essas plantas demandam atenção de quem quer mantê-las em casa, seja no quintal ou mesmo em corte num vaso. Veja abaixo algumas recomendações de especialistas para cuidar de sua planta: PodaExistem dois tipos principais de poda que devem ser realizados em uma roseira: de formação e limpeza, também chamada de manutenção. Ambas devem ser feitas com uma tesoura de poda bem afiada e limpa, para não esmagar o tecido vascular da planta, o que pode promover a entrada de fungos indesejados. O corte é sempre feito na diagonal. A poda de formação tem como objetivo dar à planta uma forma equilibrada e produtiva, com boas condições de arejamento. Geralmente é executada no…
Quando sonhamos com um belo jardim, esperamos ver folhagens verdes, flores exuberantes, gramados maravilhosos e muitos outros prazeres como sensações e cheiros. As plantas tornam o ambiente mais agradável. Por menor que seja o espaço, sempre é possível incluir um vaso ou um pequeno canteiro. Se você tem bastante espaço, então aproveite. Um jardim bem cuidado embeleza e valoriza o ambiente Para isso é necessário contratar um profissional que desenvolva um projeto viável com o clima, com o estilo da arquitetura da casa e principalmente com a disponibilidade de cuidados que os proprietários possam ter com o novo jardim. Geralmente, a arquitetura do imóvel comanda alguns aspectos do paisagismo. Um edifício com arquitetura rígida, por exemplo, e formal pode receber um jardim de estilo francês. No entanto, esse mesmo prédio pode aceitar um jardim com aspectos orgânicos não simétricos, tudo depende do trabalho do paisagista e de sua integração com…
Sexta, 20 Novembro 2015 15:15

Recultivo de Plântulas de Orquídeas

Recultivo de plântulas de Orquídeas (Método Caseiro) e Preparo de Meio de Cultura para essa Prática Material Frascos 1. Potes de plástico de 140 mL (encontrados em casas de embalagem ou deprodutos para sorveteria). Solução de hidróxido de sódio (40 g/L) 1. Hidróxido de Sódio – NaOH (2 g) (pode ser soda cáustica); 2. Seringa de 20 mL. Solução de água sanitária a 10 % 1. Água sanitária (preferência um frasco novo); 2. Medidor de volume (proveta – farmácias especializadas, ou seringa de 20mL); 3. Borrifador (casa de embalagem ou farmácia de manipulação). Meio de Cultura 1. Ágar-ágar (Merck®, Brasileiro® ou Kanten®); 2. Água destilada ou mineral; 3. Produto contendo os componentes de meio de cultura específico para orquídeas (B&G Flores® – Meio de Cultura Suprimento: Orquídea); 4. Panela de vidro, ou de teflon, ou de aço; 5. Filme de PVC; 6. Água sanitária (de preferência um frasco novo); 7.…
Sexta, 20 Novembro 2015 14:59

Elementos essenciais e benéficos

Considerando uma análise mineral completa de tecidos vegetais encontrar-se-ão inúmeros elementos químicos. Porem a simples presença de um elemento químico em uma planta não significa que o mesmo exerça alguma função no metabolismo da mesma. Dentre os elementos encontrados no tecido vegetal existem aqueles chamados essenciais e denominados de nutrientes, estes desempenham importantes funções no metabolismo vegetal e na ausência de qualquer um deles a planta não sobrevive. Para que um elemento químico presente no tecido vegetal seja considerado essencial para a planta é necessário que o mesmo obedeça aos seguintes critérios: 1 – Sem ele a planta não completa seu ciclo de vida, ou seja, de semente a semente,2 – O elemento não pode ser substituído totalmente por outro semelhante,3 – Este elemento deverá participar diretamente no metabolismo da planta. Elementos essenciais – Nutrientes Carbono, Hidrogênio e Oxigênio: Esses elementos, em condições normais, são fornecidos pelo ar e água…
Sexta, 20 Novembro 2015 14:56

Fertilização de Orquídeas

Na natureza as orquídeas obtêm seus nutrientes no ambiente que as cercam, porém estes estão disponíveis em pequenas quantidades ao longo de todo ano. A água da chuva escorre pelos troncos e leva os nutrientes até as raízes das orquídeas e de outras plantas epífitas. Além disso, toda matéria orgânica (restos de vegetais, animais e insetos mortos e outros detritos) próxima as orquídeas no ambiente natural se decompõe com a ajuda de diversos microorganismos fornecendo a elas todos os nutrientes de forma contínua e em doses homeopáticas. Outra fonte de nutriente é aquela oriunda de microrganismos de vida livre fixadores de nitrogênio, estes captam o N2 atmosférico e fornecem as orquídeas epífitas próximas. Considerando que a população de plantas epífitas não se restringe somente às orquídeas e que existem inúmeras outras plantas sobre troncos ou árvores, percebe-se que a quantidade de nutriente disponível para cada planta é muito pequena, mas…
Página 9 de 10

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Telefone: 31 3892-4967
Whatsapp: 31 99176-9895
Email: contato@begflores.com.br
Av. Mar. Castelo Branco, Nº 555  Loja 06
Centro - Viçosa-MG - CEP 36570-000

NEWSLETTER

Fique por dentro dos pricipais lançamentos

Siga-nos pelo Facebook

Siga-nos pelo Twitter